Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

UTI ambiental: programa Novo Chico para o Velho Chico, artigo de Osvaldo Ferreira Valente

A série ‘UTI ambiental’ já estava ficando esquecida aqui no Portal do EcoDebate, mas garanto que não está desativada e reaparecerá sempre que necessário para enquadrar algum assunto, como no presente, em que o paciente já anda internado há muito tempo e permanece em estado crítico.

Contaminação da biodiversidade por transgênicos, Parte 3/6, artigo de Roberto Naime

NODARI et. al. (2010) registram que no Brasil, a estratégia voltada à conservação “on farm” vem sendo implementada aos poucos por meio de uma ampla rede de ações dirigidas à manutenção de recursos genéticos na propriedade rural, particularmente aqueles de interesse agrícola, a chamada agrobiodiversidade.
quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Atletas pelo clima

A campanha “1,5°C: o recorde que não devemos quebrar” encerrou sua primeira fase com a adesão de mais de cem atletas de 34 países, que mandaram pelas redes sociais sua mensagem sobre o limite máximo para o aquecimento global. Da Dinamarca à Nigéria, do Canadá ao Sudão, a iniciativa contou com a participação de representantes de nações dos cinco continentes, de várias latitudes e graus de desenvolvimento.

Momento oportuno para acabar com a seca

Comecemos com boas notícias. O El Niño mais forte dos últimos 35 anos está chegando ao fim. No período 2015-2016, esse fenômeno climático provocou secas em mais de 20 países. Houve altas temperaturas, escassez de água e inundações em todo o mundo. Mas as zonas mais afetadas foram África oriental e austral.

Contaminação da biodiversidade por transgênicos, Parte 2/6, artigo de Roberto Naime

NODARI et. al. (2010) assinala que neste inicio do Século XXI, o cenário é marcado fortemente por duas características. A primeira, é que a eficiência do ciclo do melhoramento diminui muito para muitas espécies, sendo que um dos principais fatores é a baixa variação genética utilizada a cada novo ciclo, já que nem todos os agricultores continuaram a fazer inovações.

As emissões de Carbono e o aquecimento global, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

Quanto mais cresce a população e a economia, mais crescem as emissões de carbono, agravando o aquecimento global. Em 1960, as emissões de carbono estavam concentradas nos Estados Unidos (EUA), Europa, Rússia, China e Japão. Os EUA eram os grandes emissores. A Alemanha emita seis vezes mais que a Índia. O Japão emitia quase o dobro da Índia e cinco vezes mais do que o Brasil.

Pesquisa do Instituto Mamirauá comprova eficácia do tratamento de água com luz solar

Após seis horas de exposição ao sol, água armazenada em garrafas PET atingiu 57 graus, e microrganismos foram inativados. Método, já adotado em mais de 20 países, é uma alternativa para as comunidades ribeirinhas, que armazenam água da chuva para consumo.

Composto da pariparoba-murta se mostra eficaz contra parasitas

Análogos sintéticos de uma molécula encontrada nas plantas da espécie Piper malacophyllum – popularmente conhecida como pariparoba-murta – apresentaram em ensaios in vitro atividade antiparasitária até 40 vezes maior do que as drogas mais usadas atualmente contra os protozoários causadores da doença de Chagas e da leishmaniose visceral.

Momento oportuno para acabar com a seca

Comecemos com boas notícias. O El Niño mais forte dos últimos 35 anos está chegando ao fim. No período 2015-2016, esse fenômeno climático provocou secas em mais de 20 países. Houve altas temperaturas, escassez de água e inundações em todo o mundo. Mas as zonas mais afetadas foram África oriental e austral.

Aumenta número de cidades brasileiras livres da técnica do fraturamento hidráulico (FRACKING)

Em decisão inédita do país, Arapongas (PR) proíbe exploração de gás de xisto antes de ANP leiloar o subsolo. Mais de 60 cidades baniram a técnica do fraturamento hidráulico que já está proibida em dezenas de países e amarga falência dos EUA.

Ibama desarticula esquema milionário para exportação ilegal de ipê

O Ibama desarticulou esquema criminoso para extração, transporte e comercialização de madeira ilegal na região norte de Mato Grosso. Na ação, foram aprendidos aproximadamente 350 metros cúbicos de ipê já serrado (cerca de 18 caminhões carregados), avaliados em R$ 1,7 milhão. O produto teria como destino o mercado internacional, principalmente Bélgica, Estados Unidos e França.

Contaminação da biodiversidade por transgênicos, Parte 1/6, artigo de Roberto Naime

NODARI et. al. (2010) asseveram que biodiversidade significa mais do que a riqueza de espécies, pois inclui também os ecossistemas. Mais do que manter a vida no planeta, a biodiversidade, está intimamente relacionada com a cultura e a socioeconomia de todos os povos.

Entre a biodiversidade e os saberes locais

Assunto ainda pouco pautado e conhecido nos meios de comunicação, a biodiversidade e sua relação com os povos locais pode se revelar em infinitas histórias – da descoberta das plantas não convencionais no quintal à preservação das sementes crioulas, ou do papel das espécies nativas na alimentação ao potencial de frutas como o Cambuci, o Caraguatá, o Jerivá no resgate de tradições culturais… a biodiversidade “esquecida” está presente na vida de diferentes comunidades locais, agricultores e até grupos responsáveis por cultivos urbanos.

Um planeta só não será suficiente

Se a população global de fato chegar a 9,6 bilhões em 2050, serão necessários quase três planetas Terra para proporcionar os recursos naturais necessários a fim de manter o atual estilo de vida da humanidade, segundo o Banco Mundial. A voracidade com que se utiliza tais recursos fez as Nações Unidas incluírem o consumo em sua discussão sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) para 2030.

Planeta perde 33 mil hectares de terra fértil por dia

O mundo perde 12 milhões  de hectares de terra fértil por ano, equivalente a 33 mil hectares diários, de 30 a 35 vezes mais do que a proporção histórica. Estudos científicos calculam que a superfície terrestre em condições de seca passou de 10% para 15% no começo dos anos 1970, para mais de 30% no início de 2000, e que esses números continuarão aumentando.

Para AGU, anulação de acordo com Samarco, Vale e BHP, sobre Mariana, coloca recuperação de Rio Doce em risco

A Advocacia-Geral da União (AGU) divulgou nota à imprensa, segundo a qual a decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) que anulou o acordo da União e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo com as mineradoras Samarco, Vale e BHP, na quarta-feira (17), coloca em risco a recuperação do meio ambiente e o atendimento imediato à população atingida pelo rompimento da barragem de rejeitos de Fundão, em Mariana (MG), em novembro de 2015.

Justiça de Minas Gerais determina suspensão das licenças ambientais da Samarco

Uma decisão judicial proferida, nesta quinta-feira, 18 de agosto, determinou a suspensão de validade de todas as licenças ambientais da empresa Samarco Mineração, em atenção a um dos pedidos constantes em ação ajuizada pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). A determinação é do juiz Michel Curi e Silva, da 2ª Vara da Fazenda Pública Estadual de Belo Horizonte.

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros