Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

“Devemos deixar tudo e nos concentrar na água”

No mundo há mais de 748 milhões de pessoas sem água potável, o equivalente a mais do que o dobro da população dos Estados Unidos. Dados da Organização das Nações Unidas (ONU) indicam que 1,8 bilhão de pessoas, ou seja, 500 milhões a mais do que a população da China, bebem água contaminada com matéria fecal. E morrem dois milhões de pessoas por ano por falta de acesso a água.

Recursos digitais conectam ciências humanas e naturais em questões ambientais

No terceiro workshop da série de encontros promovidos em 2015 pela Plataforma Transatlântica para Ciências Sociais e Humanas (T-AP, na sigla em inglês), formada pela FAPESP e outras 11 agências de fomento das Américas e da Europa, especialistas de diferentes disciplinas científicas discutiram estratégias de integração de estudos envolvendo questões ambientais.

Hipertensão, cigarro e obesidade são vilões da saúde global em ranking

A hipertensão (pressão alta), o tabagismo e a obesidade são os três mais preocupantes fatores de risco para a saúde global, causando 20 milhões de mortes por ano, afirma o Instituto para Métrica e Avaliação em Saúde (IHME). No Brasil, 545 mil mortes em um ano podem ser atribuídas a essas três causas.

Pesca: Brasil e dois vizinhos debatem acordo

A moratória da pesca da piracatinga na bacia amazônica poderá incluir um acordo internacional entre Brasil, Peru e Colômbia. Os países vizinhos são os principais mercados consumidor do peixe brasileiro e proibiu a importação do pescado. A medida foi adotada porque botos-vermelhos e jacarés eram abatidos para serem usado como iscas, o que comprometia a sobrevivência das espécies.

Como um celular usado pode salvar as florestas tropicais

O desmatamento de florestas tropicais é uma das principais causas das mudanças climáticas que acontecem no planeta. O problema é recorrente e bastante grave, devido a grande exploração ilegal de madeira, que compromete até mesmo as empresas que exploram madeira de forma sustentável.

BNDES aprova R$ 1 bilhão para projetos de energia eólica no CE, RN e RS

• São dois financiamentos de longo prazo (R$ 652 milhões para complexo no CE e R$ 273 mi a outro no RN) e um empréstimo-ponte de R$ 145 mi ao RS
• Os empreendimentos terão, juntos, potencial de 480 MW e devem gerar 7,6 mil empregos diretos e indiretos na construção e operação

Espuma do Rio Tietê que invadiu avenida em Salto/SP vira lama e sujeira

A espuma que tomou conta do rio Tietê em Sato (SP) e invadiu uma rua da cidade na manhã desta quinta-feira (9) se transformou em uma lama escura. Durante a tarde, a cena na Avenida Castro Alves, próxima ao complexo da cachoeira, mudou por conta do calor que ajudou a dissipar a espuma preta e fez sobrar a água e sujeira. A poluição provocou muitos danos ao meio ambiente e entristece os moradores da região.

Equipe internacional finaliza projeto de ‘ducha infinita’ e filtro d’água impresso em 3D

Um chuveiro que recicla a água durante o banho e uma turbina eólica feita com roda de bicicleta são alguns dos projetos ecológicos sendo finalizados em um castelo na França, como parte de uma iniciativa que visa o uso sustentável de recursos energéticos.

Transdisciplinaridade, interdisciplinaridade e multidisciplinaridade na abordagem das questões ambientais, artigo de Roberto Naime

As apropriações destes conceitos, atualmente existentes em amplas categorias consideradas, demonstram que não existem consensos sobre as conceituações ou semânticas atribuídas a estes termos. E há grande necessidade de clareza destes fundamentos em uma sociedade cada vez mais complexa e dinâmica. Particularmente na área ambiental são necessárias definições inteligíveis, lógicas e se for possível, que guardem um mínimo de entendimento e aceitação consensual.

Sim, todos nós precisamos das abelhas… artigo de Sucena Shkrada Resk

Onde estão as abelhas, os principais polinizadores do planeta? Quantas vezes temos ouvido esta pergunta nos últimos anos se acentuando cada vez mais, desde os anos 90? O desaparecimento ocorre gradativamente por causa da intervenção humana, isso já é uma constatação.

Parlamento Europeu aprova fim da clonagem com fins comerciais

O Parlamento Europeu aprovou por maioria nesta terça-feira uma medida que proíbe a clonagem de animais e restringe o uso da técnica na região. Países do bloco ficam agora também proibidos de importar clones, clones de embriões, descendentes de clones e alimentos produzidos a partir de clones ou descendentes, uma medida que irá impor aos sócios comerciais da UE rígidas condições de acesso.

OCDE: países industrializados estão longe do desenvolvimento sustentável

A maioria dos países industrializados da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) ainda não está preparada para os novos objetivos globais de desenvolvimento sustentável previstos até 2030, que os líderes mundiais adotaram formalmente este mês em cúpula especial da Organização das Nações Unidas (ONU).

Clima não permite mais postergações

Já são muitos os problemas graves em toda parte em consequência da devastação de ambientes e do aumento da temperatura. Mesmo que tudo corra no melhor dos mundos , ainda faltará internalizar os acordos entre todos os países nas legislações nacionais de cada um, para que tudo entre em vigor a partir de 2020.

Crise hídrica de São Paulo foi negligenciada. Entrevista com Marzeni Pereira

“Numa situação de crise aguda, que poderemos ter num futuro próximo, já que a possibilidade de colapso ainda não foi descartada, temos de optar por fontes não potáveis para fins não potáveis”, sugere o especialista em engenharia de Saneamento e ex-tecnólogo da Sabesp.

Crescimento da eólica depende das linhas de transmissão, diz especialista

A expansão das linhas de transmissão pode interromper o crescimento do setor de energia eólica no Brasil se não for solucionada, em pouco tempo, o problema dos pontos de conexão, disse o engenheiro de aeronáutica e autor do Atlas do Potencial Eólico Brasileiro, Odilon Camargo.

Taxa de desmatamento mundial caiu mais de 50% nos últimos 25 anos, diz FAO

A taxa de desmatamentos no mundo caiu mais de 50% nos últimos 25 anos, diz o estudo Global Forest Resources Assessment 2015 (Avaliação de Recursos Florestais Globais 2015, em tradução livre), da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). Segundo o relatório, a taxa anual de perda florestal era de 0,18% no início dos anos 90 e nos últimos cinco anos essa taxa diminuiu para 0,08%.

Agricultor diversifica produção a partir da proteção de nascentes

Pequenos proprietários rurais do município de Aimorés, no leste de Minas Gerais, comemoram o aumento da oferta de água em suas propriedades a partir da proteção de nascentes pelo Programa Olhos D’Água do Instituto Terra. Com o apoio da Vale, desde 2012 está em curso na pequena cidade mineira ações para a proteção de 475 nascentes do rio Capim, beneficiando diretamente 245 produtores rurais.

Uso de resíduos minerais reduz custo da indústria e ajuda o meio ambiente

Pesquisas do Centro de Tecnologia Mineral (Cetem) e do Instituto Nacional de Tecnologia (INT), vinculados ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, sugerem que a indústria nacional pode se beneficiar da utilização de resíduos provenientes de rochas ornamentais e minerais para fabricação de armação de óculos e tubetes (recipientes biodegradáveis) usados para fixação de mudas de plantas no solo.

Viveiro de Nova Odessa/SP reutiliza sacolas plásticas no cultivo de mudas

O Viveiro Municipal de Nova Odessa (SP) está reutilizando sacolas plásticas no cultivo de mudas e plantas de árvores nativas e frutíferas. A medida foi adotada em março deste ano e desde então viabiliza o reuso mensal de 100 bolsas que iriam diretamente para o lixo, segundo a Prefeitura.

Redução de gases de efeito estufa traz ganho econômico ao país, diz Observatório do Clima

O Observatório do Clima, rede de 37 entidades brasileiras voltadas para a discussão das mudanças climáticas no país e no mundo, apresentou nesta quarta-feira (2), em Bonn, na Alemanha, à imprensa internacional, a proposta da sociedade civil para a redução da emissão de gases de efeito estufa no Brasil.

Com queda dos reservatórios, crise no abastecimento de água deve perdurar em São Paulo

Com queda no nível dos reservatórios e poucas chuvas, a região metropolitana de São Paulo deve continuar a enfrentar grave crise no abastecimento de água. O Sistema Cantareira opera na reserva técnica, e tem armazenados 12,3% da capacidade total das represas. São necessários 131,4 bilhões de litros de água para o sistema voltar ao índice positivo.

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros