Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Estradas podem receber painéis solares para gerar energia, defende projeto

Painéis rodoviários solares podem ser instalados em estradas, estacionamentos, calçadas, ciclovias, parques infantis ou em qualquer superfície onde incida sol. A ideia é de um casal norte-americano e começou a tomar forma há alguns anos, quando o tema aquecimento global se popularizou.

Argentinos guardam flatulência do gado para gerar energia

O Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária da Argentina (INTA) desenvolveu uma solução, no mínimo, inusitada para captar os gases emitidos pela flatulência do gado. Trata-se de uma bolsa acoplada ao lombo do animal em que o gás metano é armazenado para uso posterior.
De acordo com o INTA, seria possível utilizar este material para fabricar biocombustível capaz de gerar energia, calor e até mesmo substituir os combustíveis fósseis nos automóveis. “Como os bovinos liberam gases de efeito estufa, propusemos uma forma econômica e prática de sequestrar essas emissões e utilizá-las como substituto energético”, declara Guillermo Berra, coordenador do grupo de Fisiologia Animal do INTA, em informativo oficial.

Mudança climática dificultará acesso à água disponível de grande parte do planeta

Menos água nas regiões secas, ainda mais inundações, fluxos de rios modificados, contaminação… O aquecimento global transformará radicalmente o mapa do acesso à água e acirrará as tensões em torno desse recurso vital. Matéria da AFP, no UOL Notícias.

Lançado sistema com informações sobre desastres climáticos e seus impactos

A consolidação da parceria entre meteorologistas, climatologistas, Defesa Civil e especialistas em saúde pública foi, na opinião dos palestrantes e do público, o destaque do seminário Eventos climáticos extremos, desastres e impactos sobre a saúde – o que dizem os sistemas de informação?, realizado no Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica (Icict/Fiocruz). Iniciativa do Observatório de Clima e Saúde, do Laboratório de Informação em Saúde (Lis/Icict), o evento incluiu o lançamento de um sistema que disponibiliza informações sobre desastres climáticos e seus impactos em curto, médio e longo prazos sobre a saúde. A ferramenta, já disponível no Observatório de Clima e Saúde, servirá como auxílio ao planejamento e tomada de decisões na ocorrência dos eventos climáticos extremos, e no direcionamento de programas que minimizem os impactos.

A fecundidade na adolescência no Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

A universalização dos serviços de saúde sexual e reprodutiva é de fundamental importância para reduzir a gravidez não desejada na adolescência, aumentar a autonomia feminina e propiciar o empoderamento dos jovens para efetivar a auto-determinação reprodutiva e o livre exercício da sexualidade (ALVES, 17/11/2013)

Cientistas descobrem vírus gigante no Rio Negro e o batizam de ‘Samba’

Um grupo de pesquisadores identificou um vírus gigante na Amazônia, batizado de Samba (SMBV). Trata-se do maior vírus isolado no país, possuindo um dos maiores genomas de sua família, os mimivírus. O achado foi publicado na revista científica “Virology Journal”.

Fundo multilateral libera R$ 4,3 mi para proteger a camada de ozônio

Mais de U$ 1,8 milhão (R$ 4,3 milhões) serão usados em ações de proteção da camada de ozônio. O financiamento foi anunciado, nesta quinta-feira (15), na 72ª Reunião do Comitê Executivo do Fundo Multilateral para Implementação do Protocolo de Montreal, no Canadá. A delegação brasileira presente no encontro internacional conseguiu a aprovação de dois programas do Ministério do Meio Ambiente (MMA) para retirar de circulação as substâncias que destroem a camada de ozônio (SDOs).
quinta-feira, 15 de maio de 2014

Denúncia: Laboratório francês aponta contaminação ambiental em mina de urânio na Bahia

O laboratório francês da Comissão de Pesquisa e Informação Independente sobre Radioatividade (CRIIRAD), especialista em detectar radioatividade no meio ambiente, com qualificação técnica certificada pelo Ministério da Saúde da França, identificou elevada taxa de radiação gama no ar e contaminação do solo por metais radiotóxicos no entorno da mineração de urânio das Indústrias Nucleares do Brasil (INB), que abastece as usinas atômicas de Angra dos Reis (RJ). A mina fica no distrito de Maniaçu,em Caetité, a 750 Km de Salvador, capital da Bahia.

Taxa de transtornos mentais na saúde primária é maior que 50% em quatro capitais brasileiras

Em artigo publicado na última edição da revista Cadernos de Saúde Pública, pesquisadores da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz), em parceria com outras instituições* investigaram a taxa de transtornos mentais comuns (como depressão e ansiedade) e suas associações com características sociodemográficas apresentadas na atenção primária de 27 unidades de saúde da família de quatro capitais brasileiras. Os resultados apontaram taxas maiores que 50% nas cidades analisadas: 51,9% no Rio de Janeiro, 53,3% em São Paulo, 64,3% em Fortaleza e 57,7% em Porto Alegre. A análise também indicou que os problemas de saúde mental são especialmente altos em mulheres, desempregados, em pessoas com baixa escolaridade e com baixa renda.

MMA firma convênios de educação ambiental na agricultura familiar

A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, assinou, nesta quarta-feira (14), dez convênios para promoção de ações de educação ambiental na agricultura familiar. No total, serão destinados R$ 13 milhões para 19 projetos que preveem formação de agentes populares de educação ambiental e para o desenvolvimento de ações comunitárias educativas que visam fortalecer a agricultura familiar, a agroecologia e a regularização ambiental da propriedade rural. Ao todo, serão beneficiadas 4.210 famílias de todas as regiões do país.

ANA diz que volume útil do Cantareira dura até novembro; reserva chegou a 8,4%

O nível de água do Sistema Cantareira caiu novamente e agora está em 8,4% da capacidade de armazenamento, de acordo com dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Segundo a Agência Nacional de Águas (ANA), a água do reservatório deve durar, pelo menos, até novembro, já contabilizando a utilização do volume e a reserva técnica, que não tem previsão de uso, de 50 bilhões de litros.

Cientistas criam plástico capaz de se regenerar

Cientistas dos Estados Unidos criaram um tipo de plástico capaz de se regenerar. Inspirado no sistema circulatório dos animais, o novo material consegue preencher grandes rachaduras e buracos, fazendo crescer mais de si mesmo para corrigir essas falhas. A existência de materiais capazes de se autorreparar seria um avanço não só para bens comerciais – esse plástico seria ideal para um para-choque de carro, por exemplo – como para produtos de difícil conserto ou substituição, como aqueles usados para fins aeroespaciais.

Anvisa publica resolução que cria registro para produtos fitoterápicos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou no Diário Oficial da União desta quarta-feira (14) uma resolução que cria registro para produtos tradicionais fitoterápicos e regulamenta os medicamentos fitoterápicos, aqueles que são obtidos a partir de plantas medicinais.

Conservação da natureza perdeu 5,2 milhões de hectares

Perplexidade. Esta é a palavra que os cientistas encontraram para resumir a sensação diante da maior investida contra a conservação da natureza nas últimas três décadas. No período, 93 parques nacionais e outras unidades de conservação tiveram suas fronteiras reduzidas ou suas categorias alteradas. Na prática, o que se fez foi retirar ou reduzir a proteção de 5,2 milhões de hectares de florestas nativas antes preservadas em parques, reservas, estações ecológicas. Isso equivale ao território do Rio Grande do Norte e é superior ao da Costa Rica.

A Segurança Alimentar na Amazônia, artigo de Raimundo Nonato Brabo Alves

Nestes 39 anos como agrônomo na Amazônia, convivendo diretamente com os pequenos agricultores familiares, constatei mudanças radicais no hábito alimentar do meio rural, mesmo por que muitas vezes a convite, me alimentei em suas residências, quando da realização de algum evento de campo. Ao longo desse período, a alimentação desses agricultores mudou drasticamente em função da pressão sobre o meio ambiente, conjuntura econômica e indução dos programas sociais em que são beneficiários.

O mito da independência energética dos Estados Unidos, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

Os defensores do excepcionalismo americano e a indústria petrolífera propagam a ideia de que os Estados Unidos vão ser a nova potência energética do século XXI (“Saudi America”) e vão ficar livres da importação de petróleo do Oriente Médio. Consequentemente, ficariam livres dos problemas políticos da instável região e poderiam voltar a ser a única superpotência mundial. Diante da crise da Ucrânia, os setores nacionalistas e a indústria do gás de xisto defendem a exportação de gás para a ex-República Soviética, como se os EUA estivessem com enorme disponibilidade de combustíveis fósseis.

Vigilância diz que alta incidência de caramujos não aponta risco à saúde

O Departamento de Vigilância Ambiental de Macapá apontou aumento na proliferação do caramujo africano, a partir do mês de abril, em casas e terrenos baldios. Segundo a entidade, a invasão da praga provoca um problema econômico por causa do prejuízo em pequenas plantações, mas não é considerada problema de saúde pública.

Atraentes e repelentes biológicos

Uma visita de férias do então estudante de agronomia José Maurício Simões Bento a uma fazenda produtora de cana-de-açúcar em Olímpia, no interior paulista, no início da década de 1990, resultou alguns anos depois no lançamento do primeiro feromônio comercial brasileiro, uma substância química identificada na fêmea do besouro Migdolus fryanus usada para atrair os machos para o acasalamento.

Conferência discute erros e acertos na adaptação às mudanças climáticas

Comunidades de diferentes partes do mundo estão colocando em prática planos de adaptação às mudanças climáticas, cujos efeitos – como a elevação do nível do mar e o aumento na frequência de enchentes, estiagens, ondas de frio e calor intenso – começam a ser sentidos pela humanidade e tendem a se intensificar nos próximos anos.

O DESMATAMENTO IRRESPONSÁVEL E A OCUPAÇÃO DAS ÁREAS DE MANANCIAIS E RECARGA DOS AQUÍFEROS ESTA AFETANDO GRAVEMENTE A PRODUÇÃO DE ÁGUA PARA O ABASTECIMENTO DAS CIDADES....

O ciclo da água é severamente afetada pelo desmatamento, as árvores extraem água subterrânea pelas raízes e transferem para a atmosfera através das folhas. 
terça-feira, 13 de maio de 2014

Mosquitos transgênicos aqui de Juazeiro, artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

Está sendo divulgado em nível nacional, como absoluto sucesso, a soltura de mosquitos transgênicos do Aedes Aegypti, como forma de combate à dengue, aqui na cidade de Juazeiro da Bahia. Os números dizem que no “bairro de Mandacaru a incidência da dengue caiu 90%”. No bairro do Itaberaba também.

Semiárido: onde a vida pode florescer – experiência de um quintal produtivo agroecológico

Juraci Paulo Macedo Ribeiro reside na comunidade de Pimenta, Município de Dormentes – PE. Ele foi beneficiado com um barreiro trincheira do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2), por meio do contrato de patrocínio firmado entre a ASA (Articulação do Semiárido Brasileiro) e a Petrobras. A gestão do recurso foi feita pelo NEPS (Núcleo de Educadores Populares do Sertão de Pernambuco).

Apesar de progresso, desigualdade entre cidade e campo marca acesso global a água e saneamento

Embora as disparidades no acesso a água potável e saneamento básico entre regiões rurais e urbanas tenha diminuído, a desigualdade permanece elevada no mundo, disse relatório produzido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), publicado nesta quinta-feira (8).

Rios da Amazônia e água doce do mundo estão sob ameaça, dizem pesquisadores

O desmatamento, a poluição, a agricultura e a construção de hidrelétricas como a de Belo Monte, no Pará, estão ameaçando os rios da Amazônia, que formam a maior bacia de água doce do mundo. A afirmação é do pesquisador da universidade americana Virginia Tech, Leandro Castello. “A degradação dos rios vai afetar as populações locais, e isso tem sido observado em outros lugares do mundo. Está acontecendo no rio Mekong, no Vietnam, e no rio Ganges, em Bangladesh. E será o futuro da Amazônia, caso nada seja feito”, diz.

Lobão nega campanha para reduzir consumo de energia

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, negou na segunda-feira (12) que o governo pretenda fazer qualquer campanha para incentivar a redução do consumo de energia. “Nós combatemos o desperdício. Existe muito desperdício no país. Mas nós não queremos propor que as pessoas parem de consumir o que precisam”, disse após palestra na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Apenas 30% das cidades estabeleceram metas para diminuição de resíduos

Apenas 30% das cidades brasileiras estabeleceram metas para a redução de resíduos sólidos, disse na segunda-feira (12) o coordenador do Instituto Lixo Zero, Rodrigo Sabatin. Ele participou de seminário na Câmara Municipal de São Paulo e defendeu o planejamento e a mudança de rotina para encaminhar quase todo o lixo de forma correta.

96% das cidades do CE seguem em situação de emergência devido à seca

Dos 184 municípios cearenses, 178 seguem em situação de emergência por causa da seca, de acordo com decreto do Governo do Estado do Ceará de 8 de maio e publicado no Diário Oficial do Estado. A situação de emergência foi decretada devido à irregularidade na quantidade e na distribuição temporal e espacial de chuvas, que provocou insuficiência na recarga dos mananciais, comprometendo o armazenamento de água e causando problemas no abastecimento de água para o consumo humano e animal.

Pesquisa analisa metais tóxicos encontrados em caranguejos

Um trabalho de pesquisa feito no Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (IB/USP) levantou dados importantes sobre contaminação ambiental ao trabalhar com o caranguejo-uçá (Ucides cordatus), um crustáceo de mangue presente no litoral do Estado de São Paulo.
segunda-feira, 12 de maio de 2014

Rios da Amazônia e água doce do mundo estão sob ameaça, dizem pesquisadores

O desmatamento, a poluição, a agricultura e a construção de hidrelétricas como a de Belo Monte, no Pará, estão ameaçando os rios da Amazônia, que formam a maior bacia de água doce do mundo. A afirmação é do pesquisador da universidade americana Virginia Tech, Leandro Castello. “A degradação dos rios vai afetar as populações locais, e isso tem sido observado em outros lugares do mundo. Está acontecendo no rio Mekong, no Vietnam, e no rio Ganges, em Bangladesh. E será o futuro da Amazônia, caso nada seja feito”, diz.

Estudo identifica padrão de associação entre doenças crônicas em São Paulo

Ao analisar dados de entrevistas feitas com 5.037 moradores da Região Metropolitana de São Paulo, pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) identificaram de que forma fatores individuais, entre eles sexo, idade, condição socioeconômica e área de residência, influenciam no padrão de multimorbidade – termo que no jargão médico descreve a ocorrência concomitante de duas ou mais doenças crônicas em um mesmo indivíduo.

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros