Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

Plano Funerário para brasileiros que vivem nos EUA

Uma brasileira, que atualmente vive na região de Beverly, Miami, disse ter havido um milagre em sua vida há alguns meses atrás. Em setembro de 2016, ela perdeu o marido, e sem condições financeiras para bancar os serviços funerários e o transporte do corpo para o Brasil, decidiu arrecadar fundos numa campanha através da internet.

Água, Energia e Alimentos, artigo de Aroldo Cangussu

Nesses tempos de aquecimento global, esses três temas estão permanentemente presentes nas preocupações gerais. Equipes de futurólogos – engenheiros, advogados, médicos, técnicos, cientistas – trabalhando para governos e grandes empresas de alcance internacional se debruçam diuturnamente sobre os possíveis cenários mundiais e o que se pode fazer em cada um deles.

Compreendendo a morte: contribuições da Psicologia

A morte é um processo natural, universal e inevitável. Contudo nós humanos não estamos preparados para enfrentar a finitude da vida. Falar em morte ou saber que alguém de que gostamos morreu, é sempre difícil, por envolver uma série de emoções e sentimentos, independente da idade que se tenha. A dor e a tristeza são aspectos comuns neste processo, presente em qualquer etapa do ciclo vital nos indivíduos enlutados.
terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Mesmo no setor funerário a excelência no atendimento é o maior diferencial competitivo

Enganam-se quem pensa que no setor funerário o "cliente não tem escolha" . Ele não só tem escolha, como é formador de opinião. No mercado em geral, preço e qualidade do produto ou do serviço oferecido não faz com que uma empresa se destaque, o grande diferencial competitivo hoje para o consumidor é o capital humano de uma organização.

Projeto no MIT quer criar conversa virtual com mortos, ao estilo Skype.

A ideia por trás do Eterni.me, um serviço ainda em desenvolvimento, é "tornar os usuários de Internet importais". A startup pretende criar um personagem virtual inteligente a partir de memórias registradas em serviços de nuvem e redes sociais. Sendo assim, o sistema terá acesso a lembranças usando fotos, vídeos e conversas por e-mail e responderá simulando o comportamento de uma pessoa que já morreu. Na prática, usuários do sistema poderão conversar por chat com quem já se foi, um "Skype do além".

Por que o espírita não vai ao cemitério?

O dia 02 de Novembro no Brasil é uma data em que muitos visitam os cemitérios para prestar homenagens aos seus entes desencarnados. É importante ponderarmos sobre questionamentos com os quais de vez em quando chegam até nós. Aqui e acolá alguém pergunta por que o espírita não vai ao cemitério, no dia de finados, mais especificamente.

Índios e direitos agredidos

Fatos extremamente reprováveis ocorreram ultimamente na ordem jurídica brasileira, ameaçando direitos proclamados e assegurados pela Constituição, e, ao mesmo tempo, ofendendo disposições de normas constitucionais quanto ao sistema normativo e às competências das autoridades e dos órgãos públicos federais.

10 anos da Lei do Saneamento Básico

No aniversário da Lei 11.445, estudo realizado pela ABES sobre situação do saneamento no país, com base na PNAD 2015, mostra avanços tímidos. “O Brasil precisa urgentemente colocar o saneamento como prioridade. Saneamento deve ser prioridade de Estado e não de governo”, afirma o presidente da ABES, Roberval Tavares de Souza.

Energia envolve gênero, integração e clima

“As mulheres querem as coisas em lugares diferentes dos homens”, afirmou Sissy Larrea, para enfatizar que gênero também é uma questão importante em matéria de energia na América Latina. As mulheres são as mais afetadas por carências energéticas no trabalho doméstico, majoritariamente sob sua responsabilidade, e atividades como comércio e produção alimentar, mas são marginalizadas nas decisões do setor.

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros