Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

Oceanos, a grande emergência, artigo de Jean-Pierre Gattuso e Alexandre Magnan

“Os danos gerados pelo aquecimento, a acidificação e o aumento do nível dos mares sobre os organismos e os ecossistemas marinhos, assim como sobre os recursos que eles encerram, são desde já detectáveis e podem ser significativos, mesmo no caso do cenário otimista”, escrevem Jean-Pierre Gattuso e Alexandre Magnan, diretor de pesquisa na Universidade Pierre e geógrafo, pesquisador no Insituto de desenvolvimento sustentável e relações internacionais, em artigo publicado por Outras Palavras, 25-11-2015.

Agrotóxicos em crianças, artigo de Roberto Naime

A pesquisadora científica da Universidade Federal do Paraná, Sônia Stertz, doutora em Tecnologia de Alimentos, presidente da Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos na Regional do Paraná, registra que as crianças apresentam níveis duas vezes mais elevados de pesticidas no sangue e seus efeitos são até 10 vezes mais intensos do que em adultos.

França e Índia lançam ambiciosa aliança internacional de energia solar

A França, em representação dos países ricos, e a Índia, como promotora da iniciativa, lançaram nesta segunda-feira (30) uma aliança internacional dedicada à energia solar para que as nações desenvolvidas transfiram tecnologia e financiamento às nações mais pobres.

Dilma pede acordo do clima que seja transformado em lei dentro dos países

A presidente Dilma Rousseff defendeu nesta segunda-feira (30) na COP21, a cúpula do clima de Paris, que o acordo contra o aquecimento global a ser assinado na conferência tenha força legal – sendo transformado em lei a ser cumprida dentro de cada país que assinar o documento.

Peixes do rio Doce morreram por asfixia, não por contaminação, diz o ICMBio

Uma análise por amostragem feita pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) descartou a possibilidade de as mortes de peixes no Rio Doce, conforme registrado após o rompimento da barragem da mineradora Samarco, no início do mês, terem sido causadas por contaminação das águas.

Temperatura da Terra chega à metade do limite para consequências catastróficas

O ano de 2015 deverá ser o mais quente desde que há registos sistemáticos, com o termômetro global a ultrapassar um marco simbólico e preocupante. A temperatura média do planeta será 1ºC superior à da era pré-industrial, ou seja, metade do caminho até ao limite de 2ºC, acima do qual temem-se consequências catastróficas.

Samarco X ONU: lama inerte ou tóxica? Em quem acreditar? por Rogério Jordão

No dia seguinte ao rompimento da sua barragem em Mariana (MG), em 5 de novembro, a Samarco, mineradora controlada pela Vale e BHP, informou ao público que o rejeito era “inerte” formado em sua maior parte por sílica (areia); esta semana, no dia 25, especialistas da ONU disseram outra coisa: a lama que desce o Rio Doce e atinge o Atlântico é “tóxica”. Conforme se desdobra o maior acidente ambiental brasileiro, em quem acreditar?

Comissão do governo tratará da redução de efeito estufa por desmatamento

Na véspera da 21ª Conferência da Organização das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, que começa na próxima segunda-feira (30), em Paris, o governo brasileiro instituiu na sexta-feira (27) uma comissão nacional para tratar da redução de gases de efeito estufa relacionada ao desmatamento.

Rússia diz que não financiará medidas contra a mudança climática

A Rússia, que se define como um país com uma economia em transição, não assumirá compromissos para custear medidas contra a mudança climática, anunciou o representante da presidência para assuntos do clima, Alexander Bedritsky, nesta sexta-feira (27) às vésperas da Cúpula do Clima.

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros