Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Ministro diz que horário de verão economiza energia e será mantido pelo governo

A adoção do horário de verão, que termina no próximo domingo (22), não deve sofrer modificações pelo governo. De acordo com o ministro Eduardo Braga, de Minas e Energia, apesar do horário de maior consumo de energia ocorrer no início da tarde, ainda vale a pena manter a mudança de horário no país.

Com chuvas acima da média, Cantareira tem mesmo nível de novembro

Com acumulado de chuva que supera em mais de 60 milímetros (mm) a média histórica de fevereiro, o Sistema Cantareira chegou na quinta-feira (19) a 9,5% da capacidade de armazenamento. Esse percentual é o mesmo que o sistema registrava no dia 25 de novembro do ano passado. O nível do reservatório está em elevação desde o dia 5, quando marcava 5,2%.

Indiano ensina como plantar 300 árvores no espaço ocupado por 6 carros

Como engenheiro industrial, o indiano Shubhendu Sharma sempre pensou em formas de tornar a produção mais eficiente. Por anos a sua especialidade foi desenvolver carros, até o momento em que conheceu o japonês Akira Mitawaki. A partir daí o seu foco foi plantar florestas e ele encontrou um jeito de otimizar isso e ainda espalhar o método para o mundo.

Sem receber esgoto, Rio Tietê poderia estar limpo em cinco anos

Duas décadas e três bilhões de reais. Estes são os números do projeto paulista para a despoluição do rio Tietê. Após tantos anos e tamanho investimento, o resultado ainda é muito abaixo do esperado e a água do rio que corta toda a região metropolitana de SP continua morto.

Uma pretensão inviável

Tem sido frequente a proposta de trocar a noção de sustentabilidade pela de resiliência, um conceito que por séculos ficou confinado às engenharias (principalmente naval), mas que há 40 anos foi simultaneamente adotado por ecólogos (1973) e psicólogos (1974) para designar, grosso modo, a capacidade de recuperação sistêmica pós-choques, ou a capacidade de absorção de choques e subsequente reorganização para funcionar como antes.
quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Sustentabilidade e celebração da vida I, artigo de Roberto Naime

Fazer uma reflexão profunda sobre a importância da celebração dos rituais de vida que materializam nossa passagem pela terra e pela civilização humana, em cada gesto cotidiano que em geral passa desapercebido em rotinas não impressas ou avaliadas pelos sentidos e pela “alma” que difusivamente interage. Ou não devidamente valoradas nas sequências de etapas na realização de vida.

Reflorestamento é solução para salvar bacias hidrográficas do Rio

Para preservar a água, o replantio de mudas é uma solução eficaz desde o século 19, no Rio de Janeiro. Diante da crise hídrica da época, o imperador Pedro II ordenou desapropriações na Floresta da Tijuca, onde hoje é Parque Nacional da Tijuca, devastado por plantações de café, e iniciou um amplo reflorestamento.

Sistema simples ajuda a captar 1.200 litros de água da chuva por mês

Qualquer pessoa pode reaproveitar água da chuva em casa, basta ter dois galões de 200 litros, um cano e uma furadeira. A ideia simples e prática foi criada pelo biólogo Eduardo Panachão, de Londrina, no norte do Paraná. Ao ligar o cano nas calhas de casa e nos galões, ele consegue captar até 1.200 litros de água nos períodos mais chuvosos.

Chuva constante faz Cantareira ter maior alta desde o início da crise

O sistema Cantareria se beneficiou mais uma vez das chuvas constantes de fevereiro e teve nesta quarta-feira (18) sua maior alta em um único dia desde o início da crise, em janeiro de 2014. O nível das represas passou de 8,3% para 8,9%, segundo boletim divulgado pela Sabesp.
quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

‘Estimular o consumo de água como produto é um atentado ambiental’

A decisão da Sabesp de manter descontos nas tarifas de água cobradas de 500 grandes consumidores de São Paulo, mesmo em meio`a maior crise hídrica em décadas, provoca críticas de especialistas, que consideram o formato inadequado e um estímulo ao consumo de um bem escasso.

Falta de incentivo do Poder Público é maior entrave para popularização da energia solar. Entrevista com Getulio Hoffmann de Oliveira

“Hoje, com 30 placas em duas unidades, estou gerando em torno de 900 kw ao mês. Eu fico satisfeito de poder ligar meu ar condicionado, minha televisão durante o dia, e saber que não estou pegando nada de ninguém. Apenas do sol”, comemora o metalúrgico

PANK: Professional Aunt No Kids (Tia profissional sem filhos), artigo de José Eustáquio Diniz Alves

Entre os acrônimos que circulam no mundo, o PANK – Professional Aunt No Kids (Tia profissional sem filhos) é um dos mais recentes. As Panks são mulheres bem-sucedidas, que optaram por não ter filhos biológicos, mas não deixam de gostar de crianças e não poupam esforços para mimar os sobrinhos.

Coleta encontra ecossistema marinho e milhares de bactérias no metrô de NY

O metrô de Nova York teve seu primeiro DNA coletado por cientistas universitários e seu mapeamento demonstrou a presença de milhares de germes e bactérias no transporte público mais utilizado da cidade e até mesmo “ecossistema marinho” foi descoberto numa de suas estações.

Projeto de arborização de Porto Velho/RO substitui árvores prejudiciais a asfalto

A prefeitura de Porto Velho explicou o motivo da retirada de árvores ficus, plantadas ao longo de avenidas da capital. Segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema), as espécies quebram calçadas, meio-fio e interferem na drenagem porque a raiz rompe as tubulações à procura de água, além de impedir a passagem da água das chuvas, contribuindo para alagações na capital. Agora, as árvores serão substituídas por espécies como oiti e ipê.

Plantar árvores é o melhor jeito de combater o aquecimento global

Constantemente são desenvolvidas novas tecnologias que prometes ajudar a reduzir os impactos das mudanças climáticas no planeta Terra. No entanto, um grupo de cientistas da Universidade de Oxford, na Inglaterra, acredita que a solução seja muito mais simples e natural: árvores.

Governo publica normas para poupar água e luz em prédios federais

O governo publicou uma portaria nesta sexta-feira (13) no “Diário Oficial da União” com medidas para que os prédios da administração federal poupem água e energia. De acordo com o texto, os órgãos terão que informar, mensalmente, os níveis de consumo, que serão registrados em um sistema batizado de Esplanada Sustentável.

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros