Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Brasil: país sem educação, sem saúde, sem transporte, mas da Copa do Mundo e dos estádios, artigo de Patrícia Aparecida Pereira Souza de Almeida

Todo radical em algum momento perde a razão. Não vamos nos perder em nossa causa. A luta continua em prol de um país mais justo, mais democrático, menos corrupto e, principalmente, mais solidário.

O Custo de oportunidade da Copa do Mundo, artigo de Artur Salles Lisboa de Oliveira

Torcer ou não torcer, eis a questão. Eu apoio a segunda opção convicto que esta não representa a solução dos problemas do Brasil, mas ao escolhê-la levo em consideração o custo de oportunidade aplicado à Copa do Mundo. A realização do Mundial em território brasileiro não mudará a qualidade das nossas faculdades, por exemplo, pelo simples fato que as verbas destinadas à educação são cumpridas. O problema é o ralo da corrupção.

Restauração de ecossistemas pode reduzir desastres relacionados à mudança climática

Marcando o Dia Mundial de Combate à Desertificação e à Seca, nesta terça-feira (17), o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, enfatizou a importância de restaurar as terras em processo de degradação para evitar ou atenuar os impactos potencialmente desastrosos da mudança climática.

Um quarto das terras da Índia está virando deserto, diz ministro

Cerca de um quarto das terras da Índia está se transformando em deserto e a degradação de áreas agrícolas é um problema grave, segundo o ministro do Meio Ambiente, Prakash Javadekar. O cenário pode ameaçar a segurança alimentar no segundo país mais populoso do mundo.
quarta-feira, 18 de junho de 2014

Quase metade dos ecossistemas de água doce europeus estaria ameaçada

Quase a metade dos rios e outros cursos d’água da Europa continental estariam ameaçados por poluentes químicos, como pesticidas e outras substâncias industriais, de acordo com um estudo publicado esta segunda-feira nos Estados Unidos.

USP descobre substância que pode tratar a doença de Chagas

Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) estão desenvolvendo nova molécula para tratamento da doença de Chagas. Segundo a professora da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto, vinculada à USP, Ivone Carvalho, a substância é menos tóxica e mais eficiente no tratamento do que os medicamentos usados atualmente. “Nesses estudos, ela mostrou uma resposta interessante. Não foi tóxica para a célula. Teve maior atividade para matar o parasita do que o próprio fármaco”, ressaltou em entrevista à Agência Brasil.

Até 2015, tonelada de CO2 deve custar US$ 32 para conter emissões

Adotar até 2015 um preço internacional de pelo menos US$ 32 (EUR 24) por tonelada de carbono (tCO2) seria necessário para conter de forma eficaz o aquecimento global, estimou um estudo publicado nesta segunda-feira (16), embora a cifra corresponda a cinco vezes a taxa cobrada no mercado europeu.

Análise de proteína auxilia a planejar tratamento de câncer de vulva

Estudo realizado no A.C. Camargo Cancer Center e divulgado na revista Human Pathology revela que a análise da expressão de uma proteína chamada EGFR (sigla em inglês para receptor do fator de crescimento epidermal), em tumores de vulva, pode ser fundamental na definição do prognóstico e do tratamento do paciente.

Garoto de 19 anos cria tecnologia que pode limpar os oceanos

Um garoto holandês de apenas 19 anos desenvolveu um sistema capaz de separar e recolher boa parte do lixo que polui os oceanos. Seu nome é Boyan Slat e ele abriu uma campanha de financiamento colaborativo a fim de levantar, em 100 dias, os US$ 2 milhões necessários para tocar a ideia adiante - dos quais já conseguiu mais de 1/4.

Quem envergonhou o Brasil aqui e lá fora?

Pertence à cultura popular do futebol a vaia a certos jogadores, a juízes e eventualmente a alguma autoridade presente. Insultos e xingamentos com linguagem de baixo calão que sequer crianças podem ouvir é coisa inaudita no futebol do Brasil. Foram dirigidos à mais alta autoridade do pais, à Presidenta Dilma Rousseff, retraída nos fundos da arquibancada oficial.

Bola, paixão mundial, artigo de Montserrat Martins

O fascínio da bola decorre da sua simplicidade, é algo ao alcance de todos: até uma bola de meia num corredor serve para brincar de futebol. O esporte mais popular do mundo é o mais simples de todos. Já joguei na praia em times feitos na hora onde estavam empresários, advogados, engraxates, guris de rua, todos juntos – sendo que ali quem tinha mais valor era quem jogava mais, não quem ganhava mais. Todo mundo queria no seu time quem corria mais, quem driblava melhor, não quem era mais “importante”. O futebol tem uma lógica própria, ali as diferenças são outras, entre quem sabe jogar e quem não sabe.

Ministra defende modernização da convenção da ONU sobre desertificação

A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, defendeu na segunda-feira (16) uma modernização na agenda política da Convenção das Nações Unidas para o Combate à Desertificação (UNCCD, na sigla em inglês) e uma melhor integração entre os programas desenvolvidos no Brasil, para aumentar a participação dos agentes públicos locais.

Estudantes desenvolvem telhado que despolui ar


A poluição atmosférica é um problema que não tem dado sinais de melhora. Estudo recente da ONU mostrou que apenas 12% da população mundial respira um ar de qualidade. Atentos a esta mazela, que atormenta principalmente os centros urbanos, alunos da Universidade da Califórnia em Riverside estão desenvolvendo um telhado que ajuda a despoluir o ar.

NASA prepara lançamento de satélite para monitorar CO2

A agência espacial norte-americana (NASA) colocará na atmosfera em julho um satélite que terá como tarefa exclusiva medir a variação de dióxido de carbono (CO2). Batizado de “The Orbiting Carbon Observatory (OCO)-2”, o satélite permitirá o acompanhamento das flutuações de CO2 de uma forma muito mais detalhada do que a atual.

MS é o 8º do país em recolhimento de embalagens de agrotóxicos

Mato Grosso do Sul é o oitavo estado do país em volume recolhido de embalagens vazias de defensivos agrícolas. A informação é do mais recente levantamento divulgado pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev), entidade que representa os fabricantes no sistema Campo Limpo, formado por agricultores, canais de distribuição e o poder público.

Ciclistas tiram a roupa no em 20 países por transporte limpo

Cerca de 800 ciclistas parcial ou totalmente despidos desfilaram neste sábado pelas principais avenidas da Cidade do México como parte da manifestação “World Naked Bike Ride”, convocada em nível global para promover o uso da bicicleta e de outros meios de transporte menos poluentes. Vinte países participam do evento.

Corte seletivo e fogo fazem Floresta Amazônica perder 54 milhões de toneladas de carbono por ano

Uma pesquisa conduzida por cientistas no Brasil e no Reino Unido quantificou o impacto causado na Floresta Amazônica por corte seletivo de árvores, destruição parcial pelo fogo e fragmentação decorrente de pastagens e plantações. Em conjunto, esses fatores podem estar subtraindo da floresta cerca de 54 milhões de toneladas de carbono por ano, lançados à atmosfera na forma de gases de efeito estufa. Esta perda de carbono corresponde a 40% daquela causada pelo desmatamento total.

Campanha para Copa usa corações de boi e gera protestos

Uma série de anúncios da Adidas para a Copa do Mundo de 2014 acabou gerando uma enxurrada de críticas inesperadas no exterior. As fotos da patrocinadora da FIFA promovem o slogan “Durante a Copa, vou dar meu coração pela causa”. Para ilustrar o conceito, astros como Daniel Alves, Lukas Podolski, Diego Costa, Nani e Arjen Robben aparecem segurando um coração sangrento.

Animal símbolo da Copa ganha plano de preservação da espécie


Com o início da Copa do Mundo no Brasil, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) promove o Plano de Ação Nacional (PAN) para a conservação do Tatu-bola, mascote oficial do evento. O PAN Tatu-bola tem como objetivo a redução do risco de extinção do Tolypeutes tricinctus, o tatu-bola-do-Nordeste, e a avaliação adequada do estado de conservação do Tolypeutes matacus, o tatu-bola-do-Centro-Oeste.

Mudança climática pode causar guerra por comida entre pinguins

As espécies de pinguins da Antártica, que no passado se beneficiavam da elevação as temperaturas, agora estão em declínio porque o aquecimento avançou demais, afirmaram cientistas nesta quinta-feira (12). Estudos científicos anteriores não haviam conseguido determinar o declínio das populações de pinguins-de-adélia e de pinguins-antárticos, enquanto a de pinguins-de-papua aumenta.

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros