Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Especialistas defendem ação do governo para evitar desabastecimento de energia

Com o nível dos principais reservatórios das hidrelétricas abaixo do esperado ao final do período chuvoso, especialistas da área energética defendem que o governo tome uma posição mais firme para diminuir o consumo de energia no país, e assim evitar um desabastecimento no fim do ano. Nessa segunda-feira (28), o armazenamento dos reservatórios do Sudeste e do Centro-Oeste estava em 38,16% da capacidade máxima. De maio até o final de novembro, é esperado um período com menos chuvas.

Mesmo com reservatórios mais baixos, governo descarta racionamento de energia

Apesar dos baixos níveis de reservatórios das hidrelétricas brasileiras e da economia voluntária feita pelos consumidores, o governo federal continua descartando o racionamento de energia. Ontem (29), o secretário de Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia, Altino Ventura Filho, disse que o estoque é suficiente para passar pelo período de seca e chegar até as próximas chuvas.

Reservatórios das hidrelétricas chegam ao fim do período chuvoso com menor nível desde 2001

O nível dos reservatórios das hidrelétricas das regiões Sudeste e Centro-Oeste chegou ao fim do período chuvoso menor do que o esperado pelo governo. Nessa segunda-feira (28), o armazenamento estava em 38,16% da capacidade máxima, o menor registrado desde 2001, quando chegou a 32,18%.

Mudanças climáticas já são alarmantes, alertam especialistas

Especialistas alertaram nesta terça-feira (29), na Comissão Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas, que as alterações no clima provocam impactos físicos, econômicos e sociais irreversíveis em diversos países. Entre os cenários de futuro apresentados no relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), discutidos na reunião, estão dias e noites mais quentes, ondas de calor, eventos de chuva extrema, aumento dos ciclones tropicais e prolongamento das secas.

Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

Foi prorrogado para 2015 o prazo de entrega dos Planos Municipais de Saneamento Básico. O prazo final era agora em 2014, mas teve que ser prorrogado pelos simples fato que 90% dos municípios não conseguiram elaborar seu plano. O Decreto nº 8.211/2014 altera o artigo 26 do Decreto nº 7.217/2010, que regulamenta a Lei do Saneamento Básico (Lei nº 11.445/2007), prorrogando o prazo para 2015.

UTI ambiental: a água e a realidade nua e crua, artigo de Osvaldo Ferreira Valente

Foram nove artigos publicados aqui no EcoDebate, sobre produção de água . Todos ancorados na série UTI ambiental. Acabo de relê-los, na esperança de ter conseguido passar conhecimentos e preocupações acumuladas ao longo de muitos anos de militância na área. Todas as vezes que faço isso (reler artigos que escrevi), fico com a sensação de ainda estar longe de saber divulgar conhecimentos científicos e técnicos. Mas não vou desanimar, disso tenho certeza. E como escrevo sobre assuntos polêmicos, como conservação e preservação de recursos naturais, acabo provocando o contraditório, que é importante para estimular a produção de textos mais claros e objetivos.

A densidade demográfica e o déficit ambiental na Holanda e em Ruanda, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

A Europa tinha uma densidade demográfica maior do que a África. Mas isto mudou no século XXI, pois, em 2010, a África (34 habitantes/km2) ultrapassou a densidade demográfica da Europa (32 hab/km2). Em 2100, na projeção média de fecundidade, a densidade demográfica da África deve passar para (138 hab/km2) contra (28 hab/km2) da Europa, quase 5 vezes maior.

Entenda o Marco Civil da Internet


O Marco Civil da Internet foi apontado como referência mundial para as legislações que devem tratar da rede mundial dos computadores, durante o NetMundial – Encontro Multissetorial Global Sobre o Futuro da Governança da Internet, que reuniu governos, empresas, especialistas e ativistas em discussões sobre o futuro da rede.

Produtos naturais auxiliam no tratamento de doenças inflamatórias intestinais

Uma pesquisa realizada no Instituto de Biociências da Universidade Estadual Paulista (Unesp), em Botucatu (SP), constatou a eficiência de produtos naturais derivados da flora brasileira no tratamento das doenças inflamatórias intestinais (DII), como a retocolite ulcerativa e a doença de Crohn. O estudo apresenta ainda novos marcadores moleculares que podem ampliar a compreensão que se tem dessas doenças, cuja etiologia ainda é desconhecida.

Por que somos todos macacos (“y otras cositas más”)

Foi fantástica a ação de Daniel Alves ao comer a banana atirada em sua direção durante um jogo do Barça. A atitude ganhou o mundo. Foi de uma espontaneidade e inteligência tão grandes, que furou até mesmo uma iniciativa preparada por Neymar e um time de comunicadores. No escurinho dos bastidores, eles armavam uma ação com o mesmo roteiro. Então, melhor que tenha sido com a simplicidade de Dani e ganhado força com o carisma de Neymar. Assim, a coisa toda tem mais legitimidade e abafa qualquer especulação sobre o oportunismo da situação. O que vale é a mobilização que essa campanha está causando. #Somostodosmacacos é o que eu chamaria de comunicação do bem.

Um abraço na hora do infortúnio





Ana Echevenguá

Lendo as reportagens sobre um homicídio em Canasveiras – uma das praias mais procuradas de Florianópolis, Brasil – deparei-me com um vídeo caseiro retratando a situação - http://videos.clicrbs.com.br/sc/diariocatarinense/video/diario-catarinense/2014/04/confusao-deixa-morto-dois-feridos-canasvieiras/75098/.

Prestei atenção numa menina, de vestido preto e cabelos soltos, envolvida no que parece uma cena de filme de ‘aventura’ americano. Mas, infelizmente, é vida real! Uma criança desorientada, assustada, no meio de um tiroteio; numa briga entre policiais e civis (provavelmente membros de sua família) que resultou em uma morte, dois ferimentos e prisões.

Vi e revi a cena enquanto tomava meu café da manhã. E o que me sensibilizou às lágrimas foi a atitude de uma mulher que – num gesto de caridade e amor – aproxima-se com cautela e oferta seu abraço à menina. Um abraço de segurança, de proteção... um exemplo a ser seguido!

Sempre é possível vislumbrar luz na escuridão. Porque Deus tem várias formas de manifestar Sua presença!

Que nossas crianças sejam protegidas dos infortúnios! Mas, se isso for inevitável, que elas encontrem braços amigos para o conforto e segurança necessários!


Que todos tenham um abraço amigo nas horas difíceis! E que – acima de tudo - tenhamos a coragem de sair de nossa “zona de conforto” e estender os braços a quem precisa de auxílio...
terça-feira, 29 de abril de 2014

Mosquitos transgênicos são aprovados, mas pesquisadores temem riscos

Um importante, e perigoso, passo foi dado na última semana pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), que aprovou o projeto de liberação de mosquitos geneticamente modificados no Brasil. Os mosquitos transgênicos serão usados para pesquisa e combate a dengue no país. O projeto, que permite a comercialização dos mosquitos pela empresa britânica Oxitec, foi considerado tecnicamente seguro pela CTNBio e, agora, só necessita de um registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ser, de fato, liberado.

Para evitar alto custo econômico e ambiental, países adotam rigor contra desperdício de alimentos

Frequentadores de restaurantes chineses estão postando fotos de pratos vazios online, pedindo a amigos que não peçam mais do que podem comer. A Coreia do Sul está cobrando por peso pela coleta de lixo, na esperança de persuadir as famílias a descartarem menos comida. Massachusetts está proibindo grandes empresas de mandarem resíduos alimentares para aterros sanitários, e os supermercados britânicos estão melhorando os rótulos e embalagens para que os consumidores joguem menos fora o que comprarem.

Jeitinho, artigo de Montserrat Martins


A divisão entre América espanhola e portuguesa não foi definida por tratados e sim pelos territórios dominados pelos tupis, que foram seguidos pelos portugueses, e pelos guaranis, onde se infiltraram os espanhóis. E o “jeitinho” brasileiro foi inventado pela família Sá, mediando as relações da Coroa portuguesa formalmente representada em Salvador, enquanto São Paulo na sua origem bandeirante tinha pecha de rebelde. Observações interessantes de “1565: enquanto o Brasil nascia”, do jornalista Pedro Doria, livro imperdível para os mais curiosos por nossas raízes.

Os impactos do turismo sobre o meio antrópico ou socioeconômico, artigo de Roberto Naime

O meio socioeconômico ou a dimensão antrópica do meio ambiente engloba fatores econômicos, sociais e culturais. Existem com certeza mais impactos positivos sobre o meio ambiente do que negativos, embora muitas simplificações imaginem que não seja assim.

Estudo mapeia resistência primária entre portadores de hepatite B

A hepatite B é considerada uma doença crônica possível de ser controlada com medicamentos. Ao longo do tempo, porém, a terapia tende a selecionar cepas de vírus resistentes às drogas usadas. O problema torna-se ainda mais grave quando o tratamento não é feito de forma regular e de acordo com os protocolos mais adequados.

Partido quer proibir golfinhos em zoológicos na Alemanha

“Liberdade para os golfinhos”. É o que pede o Partido Pirata no estado alemão da Renânia do Norte-Vestfália. A legenda quer proibir que os mamíferos aquáticos sejam mantidos em zoológicos e pede que os nove exemplares que vivem num parque na cidade de Duisburg sejam reintroduzidos na natureza.

Água supostamente envenenada que abastecia quilombo será analisada

A amostra de água que foi retirada sexta-feira (25) do reservatório que abastece o Quilombo do Jaó, em Itapeva (SP), será enviada para análise nesta terça-feira (29). Ela será estudada no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. A suspeita é de que alguém teria colocado agrotóxico na caixa d’água que abastece 56 famílias que vivem no local.

Ibama interrompe grande desmatamento próximo do Parque do Xingu e apreende frota de maquinário


Em mais uma ação da Operação Onda Verde, realizada pelo Ibama durante o fim de semana, foram apreendidos 13 tratores de esteira e um de pneus, seis correntões, duas pás carregadeiras, um caminhão prancha e outro caminhão carregado com 10 mil litros de combustível. Essa frota foi flagrada desmatando aproximadamente dez por cento (10%) de um total de 10 mil hectares, contratado pelo novo proprietário de uma fazenda leiloada há seis meses. Localizada no município de Gaúcha do Norte (595 km de Cuiabá), ao sul do Parque Indígena do Xingu, a fazenda tem 26,25 mil hectares e possui 16 km de margem do rio Curisevo, afluente do rio Xingu.
segunda-feira, 28 de abril de 2014

Mil hectares protegidos para o tatu-bola a cada gol marcado na Copa?

E se a cada gol marcado na Copa do Mundo, que será realizada no Brasil entre junho e julho, fossem destinados 1 mil hectares de Caatinga como área protegida? O desafio à Fifa e ao governo brasileiro foi oficializado em artigo de um grupo de pesquisadores do Nordeste, cujo objetivo é garantir a proteção do tatu-bola – o mascote do torneio encontra-se ameaçado de extinção.

Água da Amazônia e a crise de São Paulo

A crise de falta d´água em São Paulo e outras cidades do Brasil deve ser analisada com profundidade. Não estamos diante de um simples problema de chuvas abaixo da média histórica. Estamos diante de uma crise estrutural que requer uma reflexão profunda e mudanças de rumo na maneira com que lidamos com o recurso mais precioso de que dispomos – a água.

SP: multa para aumento de uso de água é ilegal sem racionamento, dizem entidades de defesa do consumidor

Entidades de defesa do direito do consumidor avaliam que a multa aos usuários da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) que aumentarem o consumo de água só é legal após adoção de racionamento. No início da semana, o governador Geraldo Alckmin anunciou que a Sabesp adotará a medida para enfrentar a crise hídrica. Ontem (24) o nível do Sistema Cantareira, o maior do estado, caiu para 11,6%. As organizações aguardam a oficialização da proposta para adotar medidas legais. Segundo a companhia, o acréscimo deve ocorrer para quem gastar mais do que a média dos 12 meses do ano passado. O órgão informou também que a cobrança dessa taxa extra ainda precisa ser regulamentada pela Agência Reguladora de Saneamento e Energia no Estado de São Paulo (Arcesp) para entrar em vigor.

As Olim-piadas do Pinicão da Guanabara, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

Este artigo pode ser visto como uma piada, como uma análise crítica ou simplesmente como uma constatação de fatos. A Olimpíada do Rio está se tornando uma Olim-piada, enquanto a poluição tem transformando a bacia hidrográfica da Baia da Guanabara em um grande pinicão que recebe sem tratamento os dejetos do povo carioca e fluminense.

Idosos com depressão têm pouco ômega 3 no organismo, mostra estudo da USP

Estudo realizado na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP revela que idosos com depressão apresentam baixas concentrações de ômega 3 no organismo. A pouca quantidade desse ácido graxo nos participantes da pesquisa pode estar relacionada à falta de ingestão de alimentos ricos em ômega 3. Esta é a conclusão da nutricionista Marina Balieiro Cetrulo, autora do estudo.

Música faz idosa com parkinson voltar a caminhar e dançar

A britânica Christine Reeve, 73 anos, sofre de parkinson há oito anos. Só recentemente, no entanto, ela descobriu que é capaz de andar e até dançar com naturalidade ao ouvir certos tipos de música – algo que ela achava que nunca mais seria capaz de fazer. A principal delas é “Tiger Feet”, do Mud, um clássico dos anos 70.

Ministra diz que segurança hídrica tem que figurar no debate global

Durante a abertura do 1º Encontro das Águas de Goiás (Enago), que tem como tema “A água como fator de produção e sustentabilidade”, a ministra do Meio Ambiente Izabella Teixeira chamou atenção, na noite desta quarta-feira (23), em Goiânia, para a importância do tema segurança hídrica: “É um debate global. Todos os países do planeta estão discutindo segurança hídrica. Estamos falando do tripé acesso, qualidade e eficiência”, afirmou. “Se vai discutir água, teremos que discutir cidades. A América Latina, em 2030, terá cerca de 93% de sua população vivendo em cidades. Qualquer modelo de gestão que a gente queira discutir, a questão do meio ambiente urbano estará presente e isso é uma tendência global”.

Hormônio do crescimento de plantas é alvo de pesquisa chinesa

Um grupo de pesquisadores da Peking University tem como principal objetivo desvendar o funcionamento dos hormônios nas plantas. Os resultados dos estudos têm sido altamente promissores, levando a publicações em periódicos científicos como o Cell Research, do grupo Nature, e The Plant Cell.

Estudo sobre picada da jararaca ajuda a entender mecanismos da hemorragia

Há muito se sabe que o envenenamento provocado por serpentes como a jararaca (Bothrops jararaca) pode causar danos aos tecidos ao redor do local da picada e estimular um quadro de hemorragia. Entender as causas desses efeitos, a sua etiologia, no entanto, é um desafio complexo.

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros