Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

Manifestações e a resposta do Poder Público: 1 milhão de brasileiros surpreendem as autoridades

Mais de um milhão de brasileiros foram às ruas em pelo menos 80 cidades do país. As “marchas de junho”, como já estão sendo chamadas por alguns analistas, estão sendo comparadas à primavera árabe, às recentes jornadas turcas e ao Ocuppy Wall Street, movimentos em que as novas tecnologias também foram protagonistas na mobilização dos cidadãos.

Dia Nacional de Luta reivindica votação de propostas que estão no Congresso

O Dia Nacional de Luta dos Trabalhadores reuniu milhares de pessoas nas ruas de todo o País, nesta quinta-feira. Centrais sindicais, entidades estudantis e de defesa dos direitos humanos apresentaram uma pauta unificada que inclui, entre outros pontos, a redução da carga horária de trabalho de 44 para 40 horas semanais (Proposta de Emenda à Constituição 231/95), o fim do fator previdenciário (Projeto de Lei 3299/08), o reajuste das aposentadorias e a rejeição do projeto de lei que regulamenta a terceirização (PL 4330/04).

Insegurança alimentar é resultado de um contexto político, econômico e social. Entrevista com Brizabel da Rocha

A fome no Brasil é um “fenômeno socialmente produzido e reproduzido, pela mão do homem, que iniciou com a usurpação de terras indígenas pelos colonizadores, que deram origem a nossa aristocracia rural”, diz Brizabel da Rocha, autora de Política de segurança alimentar nutricional e sua inserção ao sistema único de assistência social (São Paulo: Paco Editorial, 2012). Ao avaliar as políticas públicas brasileiras de combate à fome, ela enfatiza que “desde a República até o nosso século encontramos políticas públicas reprodutoras da pobreza, na tentativa de sua superação, com supremacia dos interesses econômicos sobre os direitos sociais”.

Lei estadual não pode retroceder em proteção ambiental, afirma PGR

A Procuradoria-geral da República (PGR) encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) ação direta de inconstitucionalidade (ADI 4988) contra inciso da Lei nº 1.939/2008, do Tocantins, que permite retirada de vegetação de área de preservação permanente (APP) para pequenas construções. A PGR também solicita na ação a suspensão da eficácia do inciso para evitar a supressão das áreas ambientais, cujas consequências se mostram irreversíveis.

Novas projeções da população mundial até 2100, artigo de José Eustáquio Diniz Alves


A Divisão de População da ONU divulgou, em junho de 2013, a atualização dos seus cenários de projeções populacionais. Nas projeções anteriores a população mundial chegaria a 9,3 bilhões de habitantes em 2050 e de 10,1 bilhões de habitantes em 2100. Os novos números são: 9,6 bilhões em 2050 e 10,9 bilhões de habitantes em 2100.

Resíduos: gestão compartilhada

Os governadores de Goiás, Marcone Perillo e do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, assinaram, na manhã desta quinta-feira (11), em Brasília, documento que cria o Consórcio Público de Manejo de Resíduos Sólidos e das Águas Pluviais da Região Integrada do Distrito Federal e de Goiás (Corsap). Trata-se do primeiro acordo entre unidades federadas para elaborar um plano regional de gestão de resíduos sólidos.

Atmosfera do futuro diminuirá produção de alimentos, diz pesquisa da USP

Em maio foi atingido o recorde de concentração de dióxido de carbono no ar, 400 partes por milhão – e este patamar deve ser comum nos próximos anos. Mas na prática, o que ele significa? Redução na produção agrícola de alimentos como o arroz, feijão, soja, milho e trigo, segundo pesquisadores do Cena (Centro de Energia Nuclear na Agricultura), unidade da USP (Universidade de São Paulo) em Piracicaba, que simularam um ambiente saturado de CO2.

Os desertos estão virando savana?

Não é apenas o Ártico que está sendo invadido por vegetação em função do aquecimento global. Um novo estudo sugere que o aumento de dióxido de carbono (CO2), um dos vilões do efeito estufa, na atmosfera tem ajudado a impulsionar o crescimento de vegetação em todas as regiões áridas do mundo nos últimos 30 anos.

Rio faz conferência municipal

Estados e municípios estão preparando suas etapas locais da IV Conferência Nacional do Meio Ambiente. O município do Rio de Janeiro já agendou sua 1ª Conferência Municipal de Meio Ambiente para 5 de setembro. O ponto central de discussão será a ampliação da coleta seletiva, priorizando a inclusão social de catadores de materiais recicláveis.

Excesso de dióxido de carbono faz com que árvore ‘economize’ água

O aumento da quantidade de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera tem feito com que as árvores “economizem” água durante o processo de fotossíntese. Pesquisadores da Universidade de Harvard e do Serviço Florestal dos Estados Unidos descobriram que, nas últimas duas décadas, na medida em que aumentou a concentração de CO2 no meio ambiente, diminuiu a liberação de vapor d’água pelas árvores.

Perda da biodiversidade é problema global

A perda de biodiversidade é a ameaça real mais importante enfrentada pela humanidade hoje e ocorre de forma rápida – e em todos os lugares do planeta –, em um momento de grandes mudanças climáticas globais e de forte pressão para aumentar drasticamente a produção de alimentos a fim de atender ao crescimento da população mundial.

Senado aprova PEC original e reduz número de suplente

O Senado aprovou hoje (10) a proposta de emenda à Constituição que muda as regras para suplência de senador. O texto aprovado proíbe que os suplentes sejam parentes em primeiro e segundo grau ou por adoção ou ainda cônjuges dos senadores titulares. Também reduz de dois para um o número de suplentes de senador.

Quanta química estranha!!!


No mundo de hoje, as pessoas acreditam que os alimentos que são comprados nos mercados devem ser coloridos, saborosos, com textura correta e com agradável apelo ao olfato, condições que os fazem atraentes a todos os sentidos. Entretanto, o que os fabricantes de alimentos estão realmente fazendo com os produtos que consumimos?

Site incentiva internautas a apoiarem causas sociais


O site “Eu Amo Ajudar” é uma ferramenta criada para facilitar a busca por fundações, instituições e organizações não governamentais que atuam nas mais diversas áreas. Através da página, as pessoas podem encontrar trabalhos com os quais se identifiquem e sair da ajuda virtual para um apoio real.

Sensor químico indica concentração de ozônio no ambiente

Pesquisadores do Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Araraquara, desenvolveram um novo método para medir a concentração de ozônio no ambiente. O ozônio é um composto tóxico para o homem, plantas e animais, que pode danificar diversos materiais, como borracha e corantes, e contribuir para o aumento do efeito estufa.

Famosos usam a fama em favor de causas sociais

O jogador David Beckham foi contratado, em janeiro passado, pelo clube francês Paris Saint-Germain. Atualmente, ele já está aposentando, mas quando firmou o compromisso, o craque anunciou que parte do salário seria destinando a obras de caridade e escolheu duas instituições. Assim como ele, muitos famosos usam a fama para evidenciar questões sociais e ambientais, veja alguns exemplos:

A erosão do sentido da vida e as manifestações de rua

Está lentamente ficando claro que as massivas manifestações de rua ocorridas nos últimos tempos no Brasil e também pelo mundo afora expressam mais que reivindicações pontuais, como uma melhor qualidade do transporte urbano, melhor saúde, educação, saneamento, trabalho, segurança e uma repulsa à corrupção e à democracia das alianças sustentada por negociatas. Fermenta algo mais profundo, diria quase inconsciente, mas não menos real: o sentimento de uma ruptura generalizada, de frustração, de decepção, de erosão do sentido da vida política, de angústia e medo em face de uma tragédia ecológico-social que se anuncia por todas as partes e que pode pôr em risco o futuro comum da humanidade. Podemos ser até uma das últimas gerações a habitar este planeta.

Programa “Mais Médicos” gera controvérsias entre governo do Brasil e entidades médicas

O Programa Mais Médicos anunciado na segunda-feira, dia 8, pelo governo do Brasil têm gerado comentários contra e a favor da nova medida, que foi criada com o intuito de sanar a deficiência atual de profissionais no país e gerar 10 mil novos postos de emprego para regiões mal atendidas (municípios do interior e periferias das grandes cidades). Para isso, ela prevê mudanças nos cursos de medicina, como o aumento do tempo de graduação, de seis para oito anos, a partir de 2015 e a “importação” de médicos de outros países. Em ambos os casos, eles deverão trabalhar no atendimento à população pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Queima de carvão estaria encurtando a vida de 500 milhões de chineses em 5,5 anos

No começo do ano, diversas cidades da China reportaram níveis altos de poluição que ultrapassavam o limite fixado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como o máximo aceitável para o bem-estar humano. Agora, uma pesquisa realizada por cientistas chineses, norte-americanos e israelenses indica que toda essa poluição, ligada à queima de carvão, pode encurtar a vida de parte da população chinesa em cerca de 5,5 anos.

Atrás de toda revolução, há sempre uma crise ambiental

O aguçamento da crise ambiental global é um dos principais elos entre as várias ondas de protesto que eclodiram nos últimos três anos, da Primavera Árabe e a guerra civil na Síria, aos protestos no Brasil e na Turquia. O noticiário sobre a deposição do presidente egípcio, Mohamed Morsi, é mais uma evidência de que o comprometimento dos recursos hídricos, o esgotamento do modelo energético à base de combustíveis fósseis e as mudanças climáticas têm condições de desestabilizar países e derrubar governos.

O futuro da aviação poderá ser elétrico (e silencioso)

Atenta às pressões ambientais crescentes, a indústria da aviação vem desenvolvendo soluções para tornar sua atividade mais ecofriendly. Os projetos variam do uso de biocombustível à energia solar. Mas uma nova empreitada almeja eletrificar os voos do futuro e torná-los mais silenciosos.

Montadoras apresentam proposta para viabilizar carros elétricos no Brasil

Tornar viável a produção de carros elétricos e híbridos no Brasil. Esse é o objetivo de algumas das principais montadoras de veículos que vão entregar na sexta-feira, 5 de julho, uma proposta com esse propósito ao ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, informou o Estadão. Antes da etapa da produção, contudo, querem isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para modelos importados. A justificativa será a de estabelecer a tecnologia no mercado.

Senado aprova Lei Anticorrupção para punir empresas que cometem crimes contra a administração pública

O plenário do Senado aprovou nesta quinta-feira (4) a Lei Anticorrupção, que estabelece punições para empresas que cometem crimes contra a administração pública, como fraude a licitações ou tentativas de suborno de agentes públicos, entre outros.

3 bilhões de pessoas viverão em favelas em 2050 se mundo não enfrentar rápida urbanização

O mundo terá 3 bilhões de pessoas vivendo em favelas em 2050 caso não haja ideias para enfrentar a rápida urbanização. Hoje, 1 bilhão de pessoas vivem em locais sem infraestrutura e serviços básicos como saneamento, energia elétrica e saúde. Os dados são do relatório “Pesquisa Mundial Econômica e Social 2013”, divulgado nesta terça-feira (2) pelo Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da ONU (DESA).

Copa de 2014 emitirá mais de 11 mi de toneladas de gás carbônico

O Brasil está dividido entre euforia e pessimismo quanto à Copa de 2014. Motivos como a geração de renda, injeção de capital estrangeiro no país e movimentação de mão de obra nacional estão entre os motivos que alegram povo e governo quanto ao evento. Em contrapartida a possível falta de estrutura física e social preocupa. Mas além disso um outro ponto deve entrar na questão dos prejuízos causados pela Copa, que deve resultar na emissão de mais de 11 milhões de toneladas de gás carbônico equivalente, de acordo com estudo divulgado na última segunda-feira (10) pela consultoria Personal CO2Zero. Além do próprio evento esportivo, o estudo considera a etapa de preparação, incluindo a construção e reforma de estádios, a infraestrutura do entorno e o deslocamento internacional.

Furnas vai investir R$ 300 milhões em tecnologia limpa para gerar energia

A geradora e transmissora de energia Furnas, empresa do grupo Eletrobras, vai investir R$ 300 milhões em pesquisa e desenvolvimento até 2016, dando prioridade a projetos ligados a fontes limpas de geração de energia elétrica, anunciou a empresa em nota divulgada nesta quinta-feira (27).

Plástico no mar vira ‘habitat’ para vários tipos de bactérias, diz estudo

Cientistas descobriram uma vasta gama de bactérias e outros micro-organismos se proliferando em pedaços de plástico que poluem os oceanos em vários lugares do mundo, aponta um estudo publicado na revista científica “Environmental Science & Technology” nesta semana.

55,4% dos alunos do 3º ano do ensino fundamental são analfabetos funcionais, diz pesquisa

Mais da metade (55,4%) dos alunos do 3º ano do ensino fundamental no país não leem e não interpretam um texto de forma correta, segundo informações da 2ª Avaliação Brasileira do Final do Ciclo de Alfabetização, a Prova ABC, divulgada na terça-feira (25) pelo movimento Todos pela Educação. Os dados mostram que 44,5% dos estudantes atingiram pontuação acima do nível 175, que indica proficiência adequada em leitura. O 3º ano é a série considerada limite para a alfabetização, segundo o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic).

Código da Mineração atenta contra áreas protegidas

O Governo Federal enviou ao Congresso na última terça (18) um conjunto de projetos de lei para estabelecer um novo marco regulatório para a mineração no país. No pacote, uma proposta do deputado Vinícius Gurgel (PR-AP) quer abrir 10% de parques nacionais e outras unidades de conservação de proteção integral para mineração, uma atividade altamente impactante.

Ministério do Meio Ambiente diz que aquecimento global pode trazer ganhos econômicos

Sérgio Margulis, assessor especial do Ministério do Meio Ambiente (MMA) disse nesta quarta-feira (26) que a elevação das temperaturas no planeta pode trazer ganhos econômicos. “Tem situações em que você ganha com o aquecimento global. Às vezes, quanto maior o aquecimento, menor o impacto no PIB”, declarou o assessor durante o Fórum Latino Americano de Adaptação às Mudanças do Clima, realizado em São Paulo, na Fundação Getúlio Vargas (FGV) para discutir soluções sustentáveis para o aumento das temperaturas na Terra.

Atitudes simples para um mundo com menos lixo

Você já deve ter escutado alguma vez termos como “3 R’s” ou “RRR”. Mas você sabe o que isso significa? As siglas, usadas para representar o conceito de “Reduzir, Reutilizar e Reciclar”, indicam as atitudes que devemos ter com relação ao nosso lixo. Antes de mais nada, devemos reduzir ao máximo a geração desses resíduos. Caso isso seja impossível, devemos pensar em formas de reaproveitar o material com outra finalidade. Por fim, devemos encaminhar o que restou para a reciclagem.

Água: fonte de vida

Na segunda-feira (24), o WWF realizou um encontro com o Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, sobre a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) e a possibilidade de criar projetos de longo prazo para perpetuar a mensagem de ligação estreita entre conservação da natureza e religião. Representada por Jean François Timmers, diretor de Políticas Públicas do WWF-Brasil, e Denise Oliveira, coordenadora de Comunicação da Iniciativa Amazônia Viva, a organização entregou o segundo vídeo temático feito especialmente para a JMJ: Água, Fonte de Vida.

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros