Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

sábado, 22 de junho de 2013

What is this, “companheiro”?


21 de Jun de 2013 | 17:45

Recebi e copio aqui um texto da maior importância, que deve ser lido por todos os que ainda duvidam da presença de grupos organizados de provocadores e por gente contrária ao Brasil que se aproveita dos desejos generosos que movem os jovens que estão se manifestando em todo o Brasil.
Tem boi na linha. #changebrazil?  Qual seus interesses?

Recursos federais poderão ser usados para resolver conflitos entre índios e produtores em Mato Grosso do Sul

O governo federal poderá destinar recursos do Tesouro Nacional para a compra de terras e para a indenização de agricultores em Mato Grosso do Sul, na tentativa de resolver os conflitos entre produtores e indígenas na região. O anúncio foi feito na quinta-feira (20) pelo ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, em reunião em Campo Grande (MS).

Cientista brasileiro defende uso de transgênicos para evitar desmatamento

Transgênicos para acabar com o desmatamento na Amazônia. Esta é a alternativa proposta por um cientista brasileiro para melhorar a produtividade agrícola na Região Norte e diminuir o impacto ambiental da devastação florestal em busca de solo para lavouras ou pastos, segundo o biólogo Marcos Buckeridge, professor livre-docente da USP e um dos autores do próximo relatório do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês).

Pólen da Mata Atlântica pode ajudar a prever impacto climático, diz estudo

Pesquisadores das universidades de São Paulo (USP) e de Edimburgo, na Escócia, estudam mais de 140 tipos de pólen de árvores e ervas preservados em sedimentos do fundo de lagos da Mata Atlântica para entender o impacto que as mudanças climáticas do passado tiveram no ambiente. Eles também querem analisar o que pode vir a ocorrer com a flora da região.

Os sete pecados da maquiagem verde empresarial

Atualmente, com inúmeras questões e assuntos ambientais em voga, cada vez mais os setores da economia, públicos e privados, passaram a tentar implementar o slogan da “Sustentabilidade”, em grande parte mais como forma de marketing do que como meio de preocupação para com o meio ambiente. Surgiu, então, o conceito de “maquiagem verde”.

Supremo libera tramitação de projeto que inibe criação de partidos

Por placar de 7 votos a 3, o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou hoje (20) a retomada da tramitação do projeto de lei que inibe a criação de partidos. De autoria do deputado Edinho Araújo (PMDB-SP), o texto impede a destinação de valores extras do Fundo Partidário e de tempo maior de rádio e de televisão a legendas recém-criadas que afiliarem parlamentares de outros partidos. No momento, o ministro Celso de Mello está concluindo a leitura do seu voto. Até o final da sessão, os ministros podem mudar de opinião.

Fundo Amazônia começa a distribuir recursos para projetos de uso sustentável das florestas

Um ano após parceria firmada na Rio+20 para operacionalizar recursos do Fundo Amazônia, a Fundação Banco do Brasil e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) firmaram hoje (19), no Palácio do Planalto, os primeiros convênios com entidades da sociedade civil para a execução de projetos. O Fundo Amazônia capta doações para investimentos não reembolsáveis em projetos que auxiliem na proteção, conservação e no uso sustentável das florestas no Bioma Amazônia.

A hora do Direito à Cidade

Well, everyone can master a grief but he that has it
William Shakespeare

Contrariando todas as expectativas, as manifestações que começaram há duas semanas em São Paulo, com uma pauta de reivindicações bastante restrita, ampliaram-se. Os protestos estenderam-se pelo Brasil inteiro em ruas, praças e arredores de estádios de futebol que recebem a Copa das Confederações. Nesses quinze dias, o que era um movimento bastante vinculado ao aumento do valor da passagem de ônibus acabou agregando, meio caoticamente, demandas de diversas origens da vida social urbana.

Inverno começou nesta sexta-feira com previsão de mais calor que o normal





Começou nesta sexta-feira, às 2h04 (horário de Brasília), o inverno de 2013 em todo o Hemisfério Sul. Segundo a Climatempo, a estação é, na teoria, a mais seca e fria em quase todo o Brasil, com exceção do leste nordestino, que tem neste período parte de sua época mais úmida.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Marco Feliciano ameaça 'rebelião' se governo interferir no projeto 'cura gay'

Com um discurso inflamado, o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, Marco Feliciano (PSC-SP), ameaçou nesta quarta-feira (19/06/2012) uma rebelião da bancada evangélica --composta por 80 deputados-- caso o governo interfira na votação do projeto conhecido como "cura gay". A mensagem foi dita quando o deputado chegava para uma audiência pública da comissão.

Tarifa zero, planejamento urbano e ecologia



Gert Schinke*
Foi só o ruído das ruas chegar aos ouvidos da nossa elite governante, que esta reagiu assustada diante da mobilização contra os aumentos nas tarifas de ônibus que grassava no país. Inicialmente reagiu de forma dúbia, mas logo exercitou o que melhor sabe fazer: arrefecer o clamor popular adotando discurso acolhedor à demanda para logo mais adiante nada fazer a respeito. E assim fica tudo como dantes. Será que dessa vez funcionará esse surrado estratagema político?

Estudantes brasileiros se alimentam mal, fazem pouca atividade física e passam muito tempo em frente a TV

Os adolescentes brasileiros alimentam-se mal e fazem pouca atividade física. A conclusão está na Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE) 2012, divulgada ontem(19) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que levantou indicadores sobre fatores de risco e proteção dos cerca 3,153 milhões de alunos do último ano (9º ano) do ensino fundamental, com faixa entária entre 13 e 15 anos.

Estações oferecem recarregamento gratuito de smartphones usando energia solar nos EUA

A partir da próxima terça-feira (25), os habitantes de Nova York (EUA) poderão recarregar smartphones e tablets em estações alimentadas com energia solar espalhadas por parques e praias, totalizando 25 locais nos cinco distritos da cidade. A iniciativa é da operadora AT&T em parceria com a prefeitura e custará entre US$ 300 mil e US$ 500 mil.

Abrinq lança cartilha para alertar sobre trabalho infantil durante Copa e Olimpíadas

A Fundação Abrinq – Save the Children lançou, na Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo (Aceesp), na capital paulista, a cartilha Copa 2014 e Olimpíadas 2016 – Juntos na Proteção das Crianças e Adolescentes. A cartilha é parte da campanha “Cartão Vermelho ao Trabalho Infantil”, que tem o objetivo de conscientizar a população sobre a necessidade de prevenir e denunciar a exploração de crianças e adolescentes em decorrência dos megaeventos esportivos no país. A campanha visa evitar a prática não só durante as competições, mas também antes, no entorno das áreas que estão sendo preparadas para sediar os torneios.

Ensino de qualidade pode evitar formas de discriminação, aponta ONU

O acesso à educação de qualidade tem um papel importante na prevenção de formas de discriminação, como o racismo e a xenofobia, defendeu o relator especial da ONU sobre formas contemporâneas de racismo, Mutuma Ruteere. “A educação tem um papel central na criação de novos valores e atitudes e nos fornece ferramentas importantes para lidar com a discriminação enraizada e o legado de injustiças históricas”, afirmou ao Conselho de Direitos Humanos, em Genebra, em 14 de junho.

O que acordou o gigante

O país do futebol se demitiu. Bateu as portas e saiu gritando, entre outras coisas mais pesadas, que “o Neymar não vale mais que o professor”. A manifestação evoluiu tão rapidamente, do passe livre ao país livre, que pegou o mundo de surpresa e ainda será preciso “voltar a fita” muitas vezes para entender esse momento histórico. Mas já parece mais lógico do que ousado afirmar que não foram os 20 centavos que acordaram o país. O gigante acordou foi com sede.

Tarifa zero, planejamento urbano e ecologia

Foi só o ruído das ruas chegar aos ouvidos da nossa elite governante, que esta reagiu assustada diante da mobilização contra os aumentos nas tarifas de ônibus que grassava no país. Inicialmente reagiu de forma dúbia, mas logo exercitou o que melhor sabe fazer: arrefecer o clamor popular adotando discurso acolhedor à demanda para logo mais adiante nada fazer a respeito. E assim fica tudo como dantes. Será que dessa vez funcionará esse surrado estratagema político?

A busca por reconhecimento e participação política: o combustível das manifestações

“O que acontece nessas manifestações é uma recusa”. A afirmação é do professor e pesquisador Luiz Werneck Vianna ao comentar sobre a onda de protestos que se disseminou pelas principais capitais brasileiras na última segunda-feira, dia 17-06. “Ao longo desses anos, essa geração cresceu vendo e se confrontando com uma situação em que os partidos e a classe política em geral se desmoralizavam a cada dia (…). Tudo isso foi distanciando a população, especialmente os jovens, da vida institucional. Eu insisto: o problema todo é auscultar de forma correta os sinais que estão vindo e agir da forma mais tempestiva possível, pois há o risco de não haver mais tempo”.
quarta-feira, 19 de junho de 2013

Ministro reafirma que é contra projeto que prevê tratamento da homossexualidade

Alexandre Padilha informou sua posição aos presidentes das duas comissões da Câmara que ainda vão analisar a proposta aprovada ontem pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias.
Arquivo/ Reinaldo Ferrigno
Autoridades - MS - Ministro da Saúde Alexandre Padilha
Padilha: "Acredito que as comissões tratarão o tema de forma sensata".
O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, reafirmou, nesta quarta-feira (19), a posição contrária do ministério em relação ao projeto (PDC 234/11), do deputado João Campos (PMDB-GO), que permite a psicólogos tratar homossexuais que buscam apoio para mudar a orientação sexual.
Padilha informou que reiterou hoje aos presidentes das duas comissões da Câmara que ainda vão analisar o texto, aprovado ontem (18) pela comissão de Direitos Humanos e Minorias, que não considera correto um projeto estabelecer cura para aquilo que não é doença. “Acredito que esta Casa que fez a Constituição e o Sistema Único de Saúde (SUS), principalmente a CCJ, vai julgar o assunto também dessa maneira”, disse. “Reforcei isso para o presidente da Comissão de Seguridade Social e Família [Dr. Rosinha (PT-PR)], que vai analisar o projeto agora, e para o presidente da Comissão de Constituição de Justiça e de Cidadania [deputado Décio Lima (PT-SC)]. Acredito os dois colegiados vão tratam esse tema de forma sensata”, completou.


Entenda o projeto

Delegados lançam campanha sobre PEC que restringe investigação criminal

25/02/2013 13:48

 Apelidada de "PEC da Impunidade" por membros do Ministério Público, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 37/11) que restringe a investigação criminal às polícias civil e federal foi batizada pelos policiais de "PEC da Legalidade" em uma campanha lançada agora em fevereiro.

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros